Eduardo Barbosa Deputado Nota 10!

Você está em: Home » Imprensa » Notícias

Notícias

Compartilhar: Facebook Twitter Google

10/03/2011 - Projeto de Lei propõe ampliar proteção social de pessoas com deficiência intelectual ou múltipla

Determinado a garantir uma base legal que assegure direitos e cidadania, o Deputado Federal Eduardo Barbosa acaba de apresentar o Projeto de Lei (PL) nº 648/2011 que inclui pessoas com deficiência intelectual ou múltlipla entre os dependentes de segurados nos planos de benefícios da Previdência Social. A alteração os art. 16, 75 e 77 da Lei n° 8.213, de 1991, oferece uma visão que resolve o impedimento de tratar as pessoas com deficiência intelectual ou múltipla como dependente do segurado da Previdência Social. Na opinião de Eduardo Barbosa, as pessoas com deficiência intelectual e múltipla enfrentam grandes dificuldades para obter trabalho e para se manter no emprego, o que faz com elas fiquem fora do sistema previdenciário. “Na forma em que os atuais artigos da Lei estão vigorando, a sua eventual condição para o trabalho torna-se mais um fator prejudicial, no lugar de favorecer a sua autonomia”, explica. A situação atual é preocupante. Por um lado, as famílias temem que o ingresso da pessoa com deficiência no mundo do trabalho descaracterize a situação de dependência. De outro, a impossibilidade de figurar como dependentes para aqueles que precisam da família, de fato, faz com que essas pessoas vivam socialmente desprotegidas por falta de renda, quando os pais morrem. O deputado justifica a proposta pela necessidade de favorecer o acesso das pessoas com deficiência à cobertura previdenciária. Além das várias barreiras para conseguirem uma vaga no mercado de trabalho, o impedimento legal para o reconhecimento da dependência, faz com que muitas famílias prefiram que as pessoas com deficiência intelectual ou múltipla abandonem as possíveis oportunidades de emprego para defender a sua condição de “inválido” e, com isso, assegurar o direito à pensão por morte. “Aliado ao preconceito, vemos a situação de risco a que essas pessoas estão expostas”, disse



BRASÍLIA - DF
Câmara dos Deputados Anexo IV - Gabinete 540
Cep: 70160-900
Tel: (61) 3215-1540/3540/5540 - Fax: (61) 3215-2540
E-mail: dep.eduardobarbosa@camara.leg.br

PARÁ DE MINAS - MG
Rua São José, 280, Sala 1317 - 13º andar
Centro - Cep: 35660-014
Tel: (37) 3077-7903/7914/7934
E-mail: eduardobarbosagabinetemg@gmail.com

PSDB FEAPAES MG FENAPAES
Voltar ao Topo

© Copyright - 2013 - Deputado Federal Eduardo Barbosa - Todos os direitos reservados. Treis

Notícias

Compartilhar: Facebook Twitter Google

10/03/2011 - Projeto de Lei propõe ampliar proteção social de pessoas com deficiência intelectual ou múltipla

Determinado a garantir uma base legal que assegure direitos e cidadania, o Deputado Federal Eduardo Barbosa acaba de apresentar o Projeto de Lei (PL) nº 648/2011 que inclui pessoas com deficiência intelectual ou múltlipla entre os dependentes de segurados nos planos de benefícios da Previdência Social. A alteração os art. 16, 75 e 77 da Lei n° 8.213, de 1991, oferece uma visão que resolve o impedimento de tratar as pessoas com deficiência intelectual ou múltipla como dependente do segurado da Previdência Social. Na opinião de Eduardo Barbosa, as pessoas com deficiência intelectual e múltipla enfrentam grandes dificuldades para obter trabalho e para se manter no emprego, o que faz com elas fiquem fora do sistema previdenciário. “Na forma em que os atuais artigos da Lei estão vigorando, a sua eventual condição para o trabalho torna-se mais um fator prejudicial, no lugar de favorecer a sua autonomia”, explica. A situação atual é preocupante. Por um lado, as famílias temem que o ingresso da pessoa com deficiência no mundo do trabalho descaracterize a situação de dependência. De outro, a impossibilidade de figurar como dependentes para aqueles que precisam da família, de fato, faz com que essas pessoas vivam socialmente desprotegidas por falta de renda, quando os pais morrem. O deputado justifica a proposta pela necessidade de favorecer o acesso das pessoas com deficiência à cobertura previdenciária. Além das várias barreiras para conseguirem uma vaga no mercado de trabalho, o impedimento legal para o reconhecimento da dependência, faz com que muitas famílias prefiram que as pessoas com deficiência intelectual ou múltipla abandonem as possíveis oportunidades de emprego para defender a sua condição de “inválido” e, com isso, assegurar o direito à pensão por morte. “Aliado ao preconceito, vemos a situação de risco a que essas pessoas estão expostas”, disse



BRASÍLIA - DF
Câmara dos Deputados Anexo IV - Gabinete 540
Cep: 70160-900
Tel: (61) 3215-1540/3540/5540 - Fax: (61) 3215-2540
E-mail: dep.eduardobarbosa@camara.leg.br

PARÁ DE MINAS - MG
Rua São José, 280, Sala 1317 - 13º andar
Centro - Cep: 35660-014
Tel: (37) 3077-7903/7914/7934
E-mail: eduardobarbosagabinetemg@gmail.com

PSDB FEAPAES MG FENAPAES
Facebook Twitter YouTube Voltar ao Topo

© Copyright - 2013 - Deputado Federal Eduardo Barbosa - Todos os direitos reservados. Treis