Eduardo Barbosa Deputado Nota 10!

Você está em: Home » Imprensa » Notícias

Notícias

Compartilhar: Facebook Twitter Google

22/08/2019 - Abertura da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla aconteceu na Câmara dos Deputados

A abertura oficial da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, cujo tema neste ano é “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, aconteceu nesta quarta-feira (21) no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. O evento foi promovido pela Frente Parlamentar Mista em Defesa das Apaes, das Pestalozzis e de Entidades Coirmãs, em parceria com a Federação Nacional das Apaes (Fenapaes) com o objetivo de abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

Estiveram presentes na cerimônia o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves; o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; o presidente da Fenapaes, José Turozi; a presidente da Federação Nacional das Associações Pestalozzi, Ester Pacheco; os autodefesonres da Apae Brasil, Francisco Matusalem e Tâmara Thamires; a secretária Nacional da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar; o Secretário de Modalidades Especializadas de Educação do Ministério da Educação, Bernardo Goytacazes; e inúmeros parlamentares.

Instituída legalmente pela Lei 13.585 de 2017, de autoria do deputado federal Eduardo Barbosa, a semana comemorativa, que acontece desde o ano 1964, vai até o dia 28 de agosto. “Entendemos que foi muito oportuna a realização desse evento, porque diversos deputados passaram por aqui, de estados mais distintos e trouxeram uma palavra de confiança para as nossas entidades, reconhecendo o trabalho que elas desenvolvem em cada município”, afirmou Eduardo Barbosa.

O presidente da Frente, deputado Márcio Alvino (PL-SP), defendeu a inclusão, no Orçamento, de recursos para atendimento das pessoas com deficiência. De acordo com ele, o Estado não conseguiria atender as pessoas com deficiência sem as unidades das Apaes. “Se não houvesse as Apaes seria um grande problema, porque o Estado não consegue absorver e dar atendimento para esse público. É um olhar diferente para as pessoas que precisam e estão excluídas”, disse.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que é necessário dar mais visibilidade às pessoas com deficiência. “É preciso vencer os preconceitos e estereótipos que acabam gerando obstáculos na inclusão dessas pessoas”, destacou.

A ministra Damares Alves afirmou que a sua pasta está tratando a pessoa com deficiência com prioridade. “Esta é a nação da inclusão. Estamos buscando aqueles que estavam esquecidos. Ninguém vai ficar para trás”. Para ela, as pessoas com deficiência que moram em regiões ribeirinhas também estão no foco do Ministério.

O presidente da Fenapaes, José Turozi, afirmou que a Apae Brasil está orientando as mais de 2.200 afiliadas a trabalhar em suas cidades juntos aos mecanismos públicos para garantir mais conquistas às pessoas com deficiência. “Nós temos hoje, entre Apaes e outras coirmãs, 2.214 associações e atendemos cerca de 300 mil pessoas com deficiência diariamente. Se fôssemos considerar também o contexto familiar, são mais de meio milhão de pessoas que atendemos também na área de assistência social, de saúde e do emprego apoiado", ressaltou.

Mesa de Debates

O deputado Eduardo Barbosa coordenou a mesa de debates do evento, que teve como tema “Propostas de atenção às pessoas com deficiência intelectual e múltipla”. Participaram da mesa a Secretária Nacional da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar; o Coordenador Geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Angelo Roberto Gonçalves; a Coordenadora de Acompanhamento da Rede Socioassistencial Privada do Ministério da Cidadania, Ana Heloísa Viana Silva Moreno; a Coordenadora Geral de Políticas para Educação Especial, Patrícia Andrea Oliveira de Sousa; e os coordenadores nacionais de Família (Fenapaes), Diva da Silva Marinho e Rodolpho Luiz Dalla Bernardinha.

Durante o evento, o Presidente da Fenapaes entregou às autoridades presentes a Carta de Prioridades da Rede Apae. Segundo Turozi, o objetivo do documento é apontar dentro das políticas públicas de cada área as prioridades identificadas e sugestões para melhoria das políticas públicas de atenção a pessoa com deficiência.

O evento ainda contou com a apresentação da Banda Baião de Dois, da Apae-DF, que animou o auditório lotado.




BRASÍLIA - DF
Câmara dos Deputados Anexo IV - Gabinete 540
Cep: 70160-900
Tel: (61) 3215-1540/3540/5540
E-mail: dep.eduardobarbosa@camara.leg.br

PARÁ DE MINAS - MG
Rua São José, 280, Sala 1317 - 13º andar
Centro - Cep: 35660-014
Tel: (37) 3077-7903/7914/7934
E-mail: eduardobarbosagabinetemg@gmail.com

PSDB FEAPAES MG FENAPAES
Voltar ao Topo

© Copyright - 2013 - Deputado Federal Eduardo Barbosa - Todos os direitos reservados. Treis

Notícias

Compartilhar: Facebook Twitter Google

22/08/2019 - Abertura da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla aconteceu na Câmara dos Deputados

A abertura oficial da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, cujo tema neste ano é “Família e pessoa com deficiência, protagonistas na implementação das políticas públicas”, aconteceu nesta quarta-feira (21) no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. O evento foi promovido pela Frente Parlamentar Mista em Defesa das Apaes, das Pestalozzis e de Entidades Coirmãs, em parceria com a Federação Nacional das Apaes (Fenapaes) com o objetivo de abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

Estiveram presentes na cerimônia o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro; a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves; o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta; o presidente da Fenapaes, José Turozi; a presidente da Federação Nacional das Associações Pestalozzi, Ester Pacheco; os autodefesonres da Apae Brasil, Francisco Matusalem e Tâmara Thamires; a secretária Nacional da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar; o Secretário de Modalidades Especializadas de Educação do Ministério da Educação, Bernardo Goytacazes; e inúmeros parlamentares.

Instituída legalmente pela Lei 13.585 de 2017, de autoria do deputado federal Eduardo Barbosa, a semana comemorativa, que acontece desde o ano 1964, vai até o dia 28 de agosto. “Entendemos que foi muito oportuna a realização desse evento, porque diversos deputados passaram por aqui, de estados mais distintos e trouxeram uma palavra de confiança para as nossas entidades, reconhecendo o trabalho que elas desenvolvem em cada município”, afirmou Eduardo Barbosa.

O presidente da Frente, deputado Márcio Alvino (PL-SP), defendeu a inclusão, no Orçamento, de recursos para atendimento das pessoas com deficiência. De acordo com ele, o Estado não conseguiria atender as pessoas com deficiência sem as unidades das Apaes. “Se não houvesse as Apaes seria um grande problema, porque o Estado não consegue absorver e dar atendimento para esse público. É um olhar diferente para as pessoas que precisam e estão excluídas”, disse.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou que é necessário dar mais visibilidade às pessoas com deficiência. “É preciso vencer os preconceitos e estereótipos que acabam gerando obstáculos na inclusão dessas pessoas”, destacou.

A ministra Damares Alves afirmou que a sua pasta está tratando a pessoa com deficiência com prioridade. “Esta é a nação da inclusão. Estamos buscando aqueles que estavam esquecidos. Ninguém vai ficar para trás”. Para ela, as pessoas com deficiência que moram em regiões ribeirinhas também estão no foco do Ministério.

O presidente da Fenapaes, José Turozi, afirmou que a Apae Brasil está orientando as mais de 2.200 afiliadas a trabalhar em suas cidades juntos aos mecanismos públicos para garantir mais conquistas às pessoas com deficiência. “Nós temos hoje, entre Apaes e outras coirmãs, 2.214 associações e atendemos cerca de 300 mil pessoas com deficiência diariamente. Se fôssemos considerar também o contexto familiar, são mais de meio milhão de pessoas que atendemos também na área de assistência social, de saúde e do emprego apoiado", ressaltou.

Mesa de Debates

O deputado Eduardo Barbosa coordenou a mesa de debates do evento, que teve como tema “Propostas de atenção às pessoas com deficiência intelectual e múltipla”. Participaram da mesa a Secretária Nacional da Pessoa com Deficiência, Priscila Gaspar; o Coordenador Geral da Saúde da Pessoa com Deficiência do Ministério da Saúde, Angelo Roberto Gonçalves; a Coordenadora de Acompanhamento da Rede Socioassistencial Privada do Ministério da Cidadania, Ana Heloísa Viana Silva Moreno; a Coordenadora Geral de Políticas para Educação Especial, Patrícia Andrea Oliveira de Sousa; e os coordenadores nacionais de Família (Fenapaes), Diva da Silva Marinho e Rodolpho Luiz Dalla Bernardinha.

Durante o evento, o Presidente da Fenapaes entregou às autoridades presentes a Carta de Prioridades da Rede Apae. Segundo Turozi, o objetivo do documento é apontar dentro das políticas públicas de cada área as prioridades identificadas e sugestões para melhoria das políticas públicas de atenção a pessoa com deficiência.

O evento ainda contou com a apresentação da Banda Baião de Dois, da Apae-DF, que animou o auditório lotado.




BRASÍLIA - DF
Câmara dos Deputados Anexo IV - Gabinete 540
Cep: 70160-900
Tel: (61) 3215-1540/3540/5540
E-mail: dep.eduardobarbosa@camara.leg.br

PARÁ DE MINAS - MG
Rua São José, 280, Sala 1317 - 13º andar
Centro - Cep: 35660-014
Tel: (37) 3077-7903/7914/7934
E-mail: eduardobarbosagabinetemg@gmail.com

PSDB FEAPAES MG FENAPAES
Facebook Twitter YouTube Voltar ao Topo

© Copyright - 2013 - Deputado Federal Eduardo Barbosa - Todos os direitos reservados. Treis